Algodão Certificado – BCI

Em Genebra, uma cidade Suíça ao sul do vasto Lago Léman, se encontra a Better Cotton Initiative (BCI), uma organização sem fins lucrativos, criada em 2005. Seu objetivo principal é a sustentabilidade nas indústrias de algodão, através de boas práticas de produção, relações de trabalho, transparência e rastreabilidade.

As lavouras de algodão são as maiores utilizadoras de agrotóxicos no mundo, que agravam a poluição do solo (acidificação do solo), rios e ar. Elas desprezam os malefícios dos agrotóxicos por o algodão ser um produto não comestível. Desta forma, comprar produtos de uma empresa ligada a esta organização, é ser contra o uso excessivo de agrotóxicos.

O grande impacto do cultivo de algodão se deve ao grande número de hectares de plantação de algodão, cerca de 35 milhões hectares, ou seja, 2,5% da terra arável no mundo. Além disso, a plantação é de suma importância para economia, já que segundo estimativa do International Cotton Advisory Committee (Icac), cerca de 300 milhões de pessoas trabalham anualmente no setor.

Para mudar esta situação destrutiva, a BCI oferece aos produtores de algodão os conhecimentos e as ferramentas necessárias para conseguir essas melhorias. Isso inclui: assistência aos agricultores, avaliação da propriedade rural, cadeia de fornecimento para garantir a conexão entre as produção e demanda, fóruns de aprendizagem, entre outros.

Dentre as vantagens em se ter BCI, além da produção mais eficiente, rentável e sustentável, está a maior facilidade de parcerias colaborativas entre varejistas, ONGs e organizações governamentais.

Comprar com empresas aderidas ao BCI é escolher produtos com melhor qualidade nas fibras e mais resistentes. Além de demonstrar sua luta a favor de um mundo mais saudável para as futuras gerações e contra trabalho infantil, mão de obra escrava e outras formas ilícitas de trabalho. Para demonstrar isso, um logotipo com representação objetiva do BCI é de suma importância, assim como sua participação neste projeto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *